Vol. 10 Núm. 3 (2012)
Artículos

A Qualidade dos Serviços da Coordenação de um Curso de Graduação e o Nível de Satisfação dos Acadêmicos

Publicado enero 15, 2016

Palabras clave:

Acadêmicos, Coordenação de Curso, Qualidade dos Serviços

Resumen

A qualidade dos serviços prestados em instituições públicas é frequentemente questionada por diversos stakeholders, como mídia e consumidores. Diferentemente de bens de consumo tradicionais, os serviços necessitam de método de avaliação apropriado para então, efetivamente, se propor um plano de ação que atenda as expectativas dos stakeholders internos e externos. Perante tal quadro, a qualidade dos serviços prestados nos diversos níveis institucionais passa a ser questão problematizada na sociedade, nas instituições e por esse estudo, bem com a satisfação dos seus usuários. Este trabalho visa identificar a qualidade dos serviços desempenhados numa Coordenação de Curso de Graduação e o nível de satisfação dos acadêmicos com a Coordenação, buscando verificar a relação entre ambas. Para tanto, foram utilizados para coleta de dados o Modelo de Qualidade em Serviços, conhecido como SERVPERF (Cronin & Taylor, 1992) desenvolvido a partir do SERVQUAL (Parasuraman et.al., 1990), sendo baseado na percepção de desempenho dos serviços e o Modelo de Satisfação de Oliver (1980). Os resultados alcançados mostram que os acadêmicos consideram a Relação Profissional e a Relação Temporal como dimensões que mais impactam na satisfação.

 

Citas

Aaker, D. A., Kumar, V. e Day, G. S. (2001). Pesquisa de Marketing. São Paulo: Editora Atlas.

Anderson, E.W. e Fornell, C. (1994). A customer satisfaction research prospectus. In: Rust, R. T. e Oliver, R. L. (Ed.). Service quality: new directions in theory and practice (pp. 241-268). Thousand Oaks: Sage Publications.

Boulding, W., Kalra, A., Staelin, R. e Zeithaml, V.A. (1993). A dynamic process model of service quality: from expectations to behavioral intentions. Journal of Marketing Research, 30(1), pp. 7-27.

Churchill JR, G.A. e Peter, J.R. (2000). Marketing: Criando Valor para os Clientes (2a ed). São Paulo: Saraiva.

Corrêa, H.L. e Corrêa, C.A. (2004). Administração da Produção e Operações – Manufatura e Serviços: Uma Abordagem Estratégica. São Paulo: Atlas.

Cronin, J. e Taylor, S. (1992). Measuring service quality: A reexamination and extension, Journal of Marketing, 56(3), pp. 55-68.

Farias, S. A. e Santos, R. C. (2000). Modelagem de equações estruturais e satisfação do consumidor: uma investigação teórica e prática. Revista de Administração Contemporânea, 4(3), pp. 107-132.

Fornell, C. (1991). National and corporate customer satisfaction indexes (Apresentation at the World. Quality Day). Amsterdam: World Trade Center

Fornell, C., Johnson, M., Anderson, E., Cha, J. e Bryant, B. (1996). The American Customer Satisfaction Index: Nature, purpose and findings. Journal of Marketing, 60(4), pp. 7-18.

Grönroos, C. (1990). Service management and marketing: managing the moment of truth in service competition. Lexington: Free Press, Lexington Books.

Hair, J. F., JR., Anderson, R. E., Tatham, R. L. e Black, W. C. (2005). Análise multivariada de dados (5a. ed.). Porto Alegre: Bookman.

Hair, Jr. J. F., Bush, R. P. e Ortinau, D. J. (2000). Marketing research: a practical approach for the new millennium. Boston: Irwin McGraw-Hill.

Huff, L., Fornell, C. e Anderson, E. W. (1994). Quality and productivity: contradictory and complementary. Ann Arbor: Working Paper, NQRC (National Quality Research Center).

Kotler, P. e Keller, K. L. (2006). Administração de marketing. (12a ed.). São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Malhotra, N. (2001). Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman.

Miguel, P. A. C e Salomi, G.E. (2004). Uma revisão dos modelos para medição da qualidade em serviços. Revista Produção, 14(1), pp. 12-30.

Milan. G.S. e Trez. G. (2005). Pesquisa de satisfação: um modelo para planos de saúde. RAE-Electrônica, 4(2).

Oliver, R. L. (1980). A Cognitive model of the antecedents and consequences of satisfaction decisions, Journal of Marketing Research, 17(4), pp. 460-469.

Oliver, R.L. (1997). Satisfaction: a behavioral perspective on the consumer. New York: McGraw-Hill.

Oliver, R.L. (1999). Whence consumer loyalty? Journal of Marketing Research, 63, pp. 33-44.

Parasuraman, A., Zeithaml V.A. e Berry L.L. (1985). A conceptual model of services quality and its implication for future research. Journal of Marketing, 49(4), pp. 41-50.

Parasuraman, A., Zeithaml V.A. e Berry L.L. (1990). Delivering quality service: Balancing customer perceptions and expectations. New York: The Free Press.

Pestana, M.H. e Gageira, J.N. (2000). Análise de dados para Ciências Sociais: a complementariedade do SPSS. Lisboa: Edições Sílabo, Lda.