Em Lisboa, entre Espanha e a Índia: a conservatória estrangeira de nação espanhola e as penas de degredo para Goa em finais do século XVIII

Luís Pedroso de Lima Cabral de Oliveira

Resumen


English

The aim of this article is to analyze the privileges and immunities conferred on Spanish citizens resident in Portugal during the eighteenth century, in particular the intervention of the Conservatória da Nação Espanhola and its exclusive jurisdiction. Theoretically, it was impossible to punish Spanish citizens as convicts to Goa, the capital of the Portuguese India. Nevertheless, documents demonstrate the opposite. As usual, law in books is surpassed by law in action.

Português

O propósito deste artigo é analisar os privilégios e imunidades garantidos aos nacionais espanhóis residentes em Portugal durante o século XVIII, tendo em especial atenção a intervenção da Conservatória da Nação Espanhola e o seu juízo privativo. Em teoria, esra impossível punir nacionais espanhóis com penas de degredo para Goa, a capital do Estado português da Índia. No entanto, a documentação indicia o contrário. como tantas vezes sucede, a aplicação do direito vai mais além do que é prescrito pela lei.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Revista Jurídica Universidad Autónoma de Madrid

ISSN versión electrónica 2174-0844  

ISSN versión impresa: 1575-720-X