Vol. 1 Núm. 1 (2003)
Artículos

O efeito-escola e a mudança - dá para mudar? Evidências da investigação Brasileira

Maria Eugénia Ferrão
Universidad de Zaragoza - España
Publicado julio 2, 2016

Resumen

O objectivo principal do presente trabalho é apresentar uma resenha de investigações empíricas realizadas sobre o efeito-escola no Brasil ao longo dos últimos 7 anos, bem como enunciar os principais factores, escolares e familiares, associados aos resultados escolares e que são passíveis de mudança no curto-médio prazo, sobretudo no que se refere à educação dos alunos com déficit educacional sistemático. O texto aponta pistas de como a actuação da escola e da família pode ser corrigida e articulada de modo a produzir a melhoria efectiva nos resultados escolares. É enfatizada a importância do acompanhamento de resultados e recuperação atempada dos alunos em risco de repetência, da necessidade de reforço educativo nas turmas com maior proporção de alunos repetentes (para que os conteúdos programáticos possam ser integralmente cumpridos), a importância de que a implementação das políticas para a correcção do desfasamento idade-série seja acompanhada de medidas complementares e estruturantes que confiram estabilidade ao sistema, a importância de que as famílias usem o seu capital social a favor da educação.

Descritores: eficácia escolar - efeito-escola - modelos multinível - ensino básico - capital social

 

The school effect and change - is change possible? ?Evidence based on Brazilian research       

The main objective of this paper is to present a review of empirical research conducted on the school effect in Brazil during the last 7 years, and to illustrate some of the factors, both school and family, related to the students performance at school. These factors can promote change in the short or mid term mainly in the education of students with systematic educational deficiencies. Repetition causes the discouragement of students, which is a risk factor associated with school evasion. The paper explores the action of the school and family towards producing improvement in student performance. It emphasizes four features: the monitoring of learning as an early way of diagnosing students at risk of repetition, the need for educational reinforcement in classes where the proportion of repeaters is high, the importance of implementing policies for age-grade correction together with complementary and structural measures which guarantee the stability of the educational system, and the importance that families use their social capital in favour of their children's education.

Keywords: school effectiveness - school effect - multilevel model - compulsory education - social capital