Avaliação Educacional: Uma abordagem à luz das revistas científicas brasileiras

Adolfo Ignacio Calderón, Regilson Maciel Borges

Resumen


O olhar retrospectivo da construção do campo da avaliação da educação possibilita a compreensão das atuais tendências da avaliação educacional como elemento constitutivo das políticas educacionais, que assumem cada vez mais matizes transnacionais, seja no âmbito da avaliação da aprendizagem, da avaliação institucional e/ou da avaliação de sistemas. Nesta ótica, o presente artigo se debruça sobre o estudo da avaliação educacional, abordando seu desenvolvimento como campo de conhecimento acadêmico-científico, seu percurso histórico e as tendências temáticas predominantes à luz dos conhecimentos disseminados nas revistas científicas brasileiras consideradas de alto impacto – Cadernos de Pesquisa, Estudos em Avaliação Educacional, Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação e Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior. Em termos metodológicos, trata-se de um estudo de cunho bibliográfico, que adota as estratégias das pesquisas denominadas estado da arte, e que neste estudo são aplicadas à trajetória da avaliação educacional brasileira, abrangendo tanto a avaliação da educação básica quanto da educação superior. Tomando como referência de análise quatorze estudos sobre a produção científica divulgada em periódicos nacionais, é traçado uma linha do tempo identificando a existência de quatro períodos, nos quais a avaliação da educação brasileira se contextualiza, assumindo diversos matizes e características: do tecnicismo à busca por referenciais teóricos (década de 70), a ênfase na dimensão política da avaliação educacional (década de 80), a inclusão da avaliação educacional na agenda pública (década de 90) e o balanço da produção científica sobre a avaliação educacional (década de 2000).
Palavras-chave: Avaliação educacional, estado da arte, revistas científicas brasileiras.


The retrospective look of the construction of the field of educational assessment enables the understanding of current trends in educational assessment as a constitutive element of educational policies, assuming increasingly transnational hues, either in the assessment of learning; institutional assessment and / or evaluation systems. In this light, this article focuses on the study of educational assessment, addressing its development as a field of academic knowledge and scientific, its historical and thematic trends prevailing in the light of the knowledge disseminated in Brazilian scientific journals considered of high impact – Cadernos de Pesquisa, Estudos em Avaliação Educacional, Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação e Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior. In methodological terms, it is a study of bibliographical works, which adopts the strategies of the researches called state of the art, and in this study are applied to the trajectory of the Brazilian educational evaluation, covering both the evaluation of basic education as higher education. Taking as analysis references fourteen studies on scientific production published in national journals, is drawn a timeline identifying the existence of four periods, in which the evaluation of Brazilian education is contextualized, assuming various hues and characteristics: from the technicality to the search theoretical (70s), the emphasis on the political dimension of educational evaluation (80s), the inclusion of educational evaluation at public agenda (90s), and the balance of scientific production on educational evaluation (2000s).
Keywords: Educational evaluation, state of art, brazilian scientific journals.


Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.