Oportunidades de Melhorias: Qualidade do Serviço Prestado em Escolas Públicas

Evadio Filho, Fernando Antônio Tenório, Junior Raimundo da Silva

Resumen


O artigo avalia a qualidade do serviço ofertado por escolas públicas situadas no sertão paraibano e adjacências. Para isto, foram apreendidos as expectativas (importância) e o desempenho em relação a um conjunto de 18 atributos; os quais estão relacionados aos docentes (conhecimento técnico, didática, estímulo ofertado aos alunos), aos aspectos tangíveis (salas de aula, banheiros, biblioteca), aos materiais didáticos disponíveis, à organização escolar (horários, serviços administrativos) e à reputação institucional. Foi utilizado um questionário estruturado para capturar as respostas de 1394 alunos de dezessete instituições de ensino. Com o auxílio do Statistical Package for the Social Science – SPSS, versão 19.0, foram extraídas estatísticas descritivas e realizado o teste de Spearman. Os resultados relevaram que o padrão de expectativas dos alunos, em essência, foi heterogêneo. Em geral, os atributos mais valorizados referem-se aos docentes (conhecimento e estímulo), ao passo que aqueles relacionados à infraestrutura (internet, recursos multimídias e segurança) foram percebidos como menos importantes. Ademais, o conjunto de ações apontado pelas matrizes de posicionamento competitivo e de avaliação de desempenho podem subsidiar às decisões gerenciais de aperfeiçoamento dos níveis de serviço prestados pelas escolas públicas. 

Palavras-chave: Qualidade do serviço, Instituições públicas de ensino, Sertão paraibano, Expectativas, Desempenho. 

 

Improvement Opportunities: Quality Service in Public Schools

The article evaluates the quality of the service offered by public schools located in Paraiba and adjacencys. For this, were captured expectations (importance) and performance in relation to a set of eighteen attributes; which are related to teachers (technical knowledge, didactics, incentives offered to students), the tangible aspects (classrooms, toilets, library), the teaching materials available, school organization (timetables, administrative services) and institutional reputation. We used a structured questionnaire to capture the 1394 students answers from seventeen educational institutions. With the support of Statistical Package for Social Science - SPSS, version 19.0, descriptive statistics were extracted and the Spearman test was performed. The results showed that the standard of students' expectations, in essence, is heterogeneous. In general, the most valued attributes refer to teachers (knowledge and stimulus), while those related infrastructure (internet, multimedia resources and safety) were perceived as less important. Moreover, the set of actions appointed by competitive positioning matrix and performance evaluation matrix can assist in management decisions to improve the service levels provided by public schools. 

Keywords: Quality service, Public schools, Paraiba backlands, Expectations, Performance.


Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Abdullah, F. (2006). The development of HEdPERF: a new measuring instrument of service quality for the higher education sector. International Journal of Consumer Studies, 6(30), 569-581. doi:10.1111/j.1470-6431.2005.00480.x

Alcântara, V. de C., Luiz, G. V., Ferreira, A. C. e Teodoro, S. A. S. (2012). Dimensões e determinantes da satisfação de alunos em uma instituição de ensino superior. Revista Brasileira de Marketing, 3(11), 193-220. doi:10.5585/remark.v11i3.2444

Ali, F.; Zhou, Y., Hussain, K., Nair, P. K. e Ragavan, N. A. (2016). Does higher education service quality effect student satisfaction, image and loyalty? A study of international students in Malaysian public universities. Quality Assurance in Education, 1(24), 70-94. doi:10.1108/qae-02-2014-0008

Annamdevula, S. e Shekhar, R. (2012). Development of HiEdQUAL for measuring service quality in Indian higher education sector. International Journal of Innovation, Management and Technology, 3, 412-416. doi:10.7763/ijimt.2012.v3.265

Ashraf, M. A., Osman, A. Z. R. e Ratan, S. R. A. (2016). Determinants of quality education in private universities from student perspectives: a case study in Bangladesh. Quality Assurance in Education, 1(24), 123-138. doi:10.1108/qae-09-2013-0040

Alves, T. A. S. (2009). Tecnologias de informação e comunicação (TIC) nas escolas: da idealização à realidade. Estudos de casos múltiplos avaliativos em escolas públicas do ensino médio do interior paraibano brasileira (Dissertação de Mestrado). Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal.

Brochado, A. (2009). Comparing alternative instruments to measure service quality in higher education. Quality Assurance in Education, 17(2), 174-190. doi:10.1108/09684880910951381

Butta, B. Z. e Rehman, K. U. (2010). A study examining the student’s satisfaction in higher education. Procedia Social and Behavioral Sciences, 2, 5446–5450. doi:10.1016/j.sbspro.2010.03.888

Campos, D. F., Martins, L. D. S. e Neto, M. L. (agosto, 2011). Qualidade dos serviços na educação superior: uma visão comparativa entre dois cursos de graduação. Comunicación presentada en el Simpósio de Administração da produção, logística e operações internacionais. São Paulo, SP, Brasil.

Cardona, M. M. e Bravo, J. J. (2012). Service quality perceptions in higher education institutions: the case of a colombian university. Estudios Gerenciales, 28, 23-29. doi: 10.1016/s0123-5923(12)70004-9

Cronin, J. J. e Taylor, S. A. (1992). Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of Marketing, 56, 55-68. doi:10.2307/1252296

Cunha, E. A., Andrade, D. M. e Brandão, M. M. (2010). Atributos do serviço educacional na percepção do discente sobre a qualidade. Recuperado de http://www.fucape.br/_public/producao_cientifica/

Deshields J. W., Kara, A. e Kaynak, E. (2005). Determinants of business student satisfaction and retention in higher education: applying Herzberg’s two factor theory. International Journal of Educational Management, 2(19), 128-139. doi:10.1108/09513540510582426

Dos Santos, G. S. (2014). Avaliação da qualidade do serviço educacional numa instituição de ensino superior privada: a perspectiva de alunos de graduação em um estudo longitudinal (Dissertação de Mestrado). Universidade Potiguar, Brasil.

Duarte, L. R. e Piratelli, C. L. (2015, agosto). Gestão da qualidade de serviços no ensino superior: aplicação do método HEDPERF. Comunicación presentada en el Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. São Paulo, SP, Brasil.

Eberle, L. (2009). Identificação das dimensões da qualidade em serviços: um estudo aplicado em uma instituição de ensino superior localizada em Caxias do Sul, RS. Dissertação de Mestrado. Universidade de Caxias do Sul, Brasil.

Eberle, L., Milan, G. S. e Lazzari, F. (2010). Identificação das dimensões da qualidade em serviços: um estudo aplicado em uma instituição de ensino superior. Revista de Administração de Empresas, 2(9), 1-24. doi:10.1590/s1676-56482010000200003

Figueroa, M. E. V., Torres, C. M. G., Souza, S. R. e Marchiori, I. C. (2013). Análise quali – quantitativa do projeto “primeiro, aprender”: avanços e desafios para o processo de ensino e aprendizagem. Caderno de Cultura e Ciência, 12(1), 110-118. doi:10.14295/cad.cult.cienc.v12i1.607

Fitzsimmons, J. A. e Fitzsimmons, M. J. (2005). Administração de serviços: operações, estratégia e tecnologia da informação. Porto Alegre: Bookman.

Grönroos, C. (1984). A service quality model and its marketing implications. European Journal of Marketing, 4(18), 36-44. doi:10.1108/eum0000000004784

IBGE. (2013). Pesquisa anual de serviços. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. Recuperado de http://www.ibge.gov.br/

INEP. (2016). Censo escolar: resultados finais do censo escolar. Recuperado de http://portal.inep.gov.br/basica-censo

Lankara, V. P. D. e Ye, Y. (2015). A comparative study on students’ satisfaction between naung taung monastic high school and kyauk ta lone public high school in southern shan state, Myanmar. Sholar, 1(7), 277-288.

Lourenço, C. D. da S., Knop, M. F. T., Oliveira, V. C. da S. e Silva, M. R. J. D. (abril, 2006). Ensino superior em administração e percepção da qualidade de serviços: uma aplicação da escala SERVQUAL. Comunicación presentada en el Encontro da ANPAD. Salvador, BA, Brasil.

Lovelock, C. e Wright, L. (2006). Serviços, marketing e gestão. São Paulo: Saraiva.

Milan, G. S., Corso, A. e Eberle, L. (agosto, 2013). Atributos e dimensões da qualidade em serviços na percepção de alunos de uma IES. Comunicación presentada en el simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. São Paulo, Brasil.

Mostafa, M. M. (2007). A comparison of SERVQUAL and I-P analysis: measuring and improving service quality in egyptian private universities. Journal of Marketing for Higher Education, 16, 83 -104. doi:10.1300/j050v16n02_04

Navarro, M. M., Iglesias, P. M. e Torres, R. P. (2005). A new management element for universities: satisfaction with the offered courses. International Journal of Educational Management, 6(19), 505-526. doi:10.1108/09513540510617454

Nyagowaa, H. O., Ocholla, D. N. e Mutula, S. M. (2013). Service quality, user satisfaction and net-benefits’ effect on e-School success: the case of NEPAD’s e-school pilot in Kenya. Education for Information, 30, 93–115.

Parasuraman, A, Zeithaml, V. A. e Berry, L. L. (1985). A conceptual model of service quality and its implications for future research. Journal of Marketing, 49, 41-50. doi:10.2307/1251430

Ramos, B. S. (2015). Percepção de qualidade das escolas do ponto de vista de alunos do ensino médio. Dissertação de Mestrado. Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, Brasil.

Ramseook-Munhurrun, P. e Nundlall, P. (2013). Service quality measurement for secondary school setting. Quality Assurance in Education, 4(21), 387-401. doi:10.1108/qae-05-2011-0025

Radons, D., Battistella, L., Grohmann, M. e Penna, R. (2012). A qualidade dos serviços da coordenação de um curso de graduação e o nível de satisfação dos acadêmicos. REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 10(3), 46-57.

Souza, C. C. M., Da Silva, D., Moretti, S. L. A. e Garcia, M. N. (2014). Construção e validação de escala de qualidade de ensino e serviços: um estudo com alunos de cursos de graduação em administração de empresas. REGE, 1(21), 65-82. doi:10.5700/rege519

Stock, J. R. e Lambert, D. M. (2001). Strategic logistics management. Nueva York: McGraw - Hill.

Tumino, M. C. e Poitevin, E. R. (2013). Evaluación de la calidad de servicio universitario desde la percepción de estudiantes y docentes: caso de estudio. REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 12(2), 63-84.

Vergara, J. e Quesada, V. (2011). Análisis de la calidad en el servicio y satisfacción de los estudiantes de ciencias económicas de la Universidad de Cartagena mediante un modelo de ecuaciones estructurales. Revista Electrónica de Investigación Educativa, 13, 108-122. doi:10.4067/s0718-33052011000300011




DOI: http://dx.doi.org/10.15366/reice2017.15.2.002

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Esta obra es de acceso libre y gratuito y está registrada bajo una licencia de Creative Commons "Reconocimiento – NoComercial – SinObraDerivada (by-nc-nd)"

REICE esta incluida en:

Emerging Sources Citation Index (ESCI), Google Académico, DOAJ, Dialnet, Latindex, Redalyc, MIAR, ISOC, CIRC, DICE,  Resh, GLOOBAL, REBIUN, Suco, WorldCat, In-Recs, Iresie, REDIB, REDIAL, Journal Seek, Biblioteca de la OEI,Dulcinea, EZB, Americanismo, BNE.