Oportunidades de Melhorias: Qualidade do Serviço Prestado em Escolas Públicas

Evadio Filho, Fernando Antônio Tenório, Junior Raimundo da Silva

Resumen


O artigo avalia a qualidade do serviço ofertado por escolas públicas situadas no sertão paraibano e adjacências. Para isto, foram apreendidos as expectativas (importância) e o desempenho em relação a um conjunto de 18 atributos; os quais estão relacionados aos docentes (conhecimento técnico, didática, estímulo ofertado aos alunos), aos aspectos tangíveis (salas de aula, banheiros, biblioteca), aos materiais didáticos disponíveis, à organização escolar (horários, serviços administrativos) e à reputação institucional. Foi utilizado um questionário estruturado para capturar as respostas de 1394 alunos de dezessete instituições de ensino. Com o auxílio do Statistical Package for the Social Science – SPSS, versão 19.0, foram extraídas estatísticas descritivas e realizado o teste de Spearman. Os resultados relevaram que o padrão de expectativas dos alunos, em essência, foi heterogêneo. Em geral, os atributos mais valorizados referem-se aos docentes (conhecimento e estímulo), ao passo que aqueles relacionados à infraestrutura (internet, recursos multimídias e segurança) foram percebidos como menos importantes. Ademais, o conjunto de ações apontado pelas matrizes de posicionamento competitivo e de avaliação de desempenho podem subsidiar às decisões gerenciais de aperfeiçoamento dos níveis de serviço prestados pelas escolas públicas. 


Palabras clave


Qualidade do serviço; Instituições públicas de ensino; Sertão paraibano; Expectativas; Desempenho. 

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Abdullah, F. (2006). The development of HEdPERF: a new measuring instrument of service quality for the higher education sector. International Journal of Consumer Studies, 6(30), 569-581. doi:10.1111/j.1470-6431.2005.00480.x

Alcântara, V. de C., Luiz, G. V., Ferreira, A. C. e Teodoro, S. A. S. (2012). Dimensões e determinantes da satisfação de alunos em uma instituição de ensino superior. Revista Brasileira de Marketing, 3(11), 193-220. doi:10.5585/remark.v11i3.2444

Ali, F.; Zhou, Y., Hussain, K., Nair, P. K. e Ragavan, N. A. (2016). Does higher education service quality effect student satisfaction, image and loyalty? A study of international students in Malaysian public universities. Quality Assurance in Education, 1(24), 70-94. doi:10.1108/qae-02-2014-0008

Annamdevula, S. e Shekhar, R. (2012). Development of HiEdQUAL for measuring service quality in Indian higher education sector. International Journal of Innovation, Management and Technology, 3, 412-416. doi:10.7763/ijimt.2012.v3.265

Ashraf, M. A., Osman, A. Z. R. e Ratan, S. R. A. (2016). Determinants of quality education in private universities from student perspectives: a case study in Bangladesh. Quality Assurance in Education, 1(24), 123-138. doi:10.1108/qae-09-2013-0040

Alves, T. A. S. (2009). Tecnologias de informação e comunicação (TIC) nas escolas: da idealização à realidade. Estudos de casos múltiplos avaliativos em escolas públicas do ensino médio do interior paraibano brasileira (Dissertação de Mestrado). Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal.

Brochado, A. (2009). Comparing alternative instruments to measure service quality in higher education. Quality Assurance in Education, 17(2), 174-190. doi:10.1108/09684880910951381

Butta, B. Z. e Rehman, K. U. (2010). A study examining the student’s satisfaction in higher education. Procedia Social and Behavioral Sciences, 2, 5446–5450. doi:10.1016/j.sbspro.2010.03.888

Campos, D. F., Martins, L. D. S. e Neto, M. L. (agosto, 2011). Qualidade dos serviços na educação superior: uma visão comparativa entre dois cursos de graduação. Comunicación presentada en el Simpósio de Administração da produção, logística e operações internacionais. São Paulo, SP, Brasil.

Cardona, M. M. e Bravo, J. J. (2012). Service quality perceptions in higher education institutions: the case of a colombian university. Estudios Gerenciales, 28, 23-29. doi: 10.1016/s0123-5923(12)70004-9

Cronin, J. J. e Taylor, S. A. (1992). Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of Marketing, 56, 55-68. doi:10.2307/1252296

Cunha, E. A., Andrade, D. M. e Brandão, M. M. (2010). Atributos do serviço educacional na percepção do discente sobre a qualidade. Recuperado de http://www.fucape.br/_public/producao_cientifica/

Deshields J. W., Kara, A. e Kaynak, E. (2005). Determinants of business student satisfaction and retention in higher education: applying Herzberg’s two factor theory. International Journal of Educational Management, 2(19), 128-139. doi:10.1108/09513540510582426

Dos Santos, G. S. (2014). Avaliação da qualidade do serviço educacional numa instituição de ensino superior privada: a perspectiva de alunos de graduação em um estudo longitudinal (Dissertação de Mestrado). Universidade Potiguar, Brasil.

Duarte, L. R. e Piratelli, C. L. (2015, agosto). Gestão da qualidade de serviços no ensino superior: aplicação do método HEDPERF. Comunicación presentada en el Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. São Paulo, SP, Brasil.

Eberle, L. (2009). Identificação das dimensões da qualidade em serviços: um estudo aplicado em uma instituição de ensino superior localizada em Caxias do Sul, RS. Dissertação de Mestrado. Universidade de Caxias do Sul, Brasil.

Eberle, L., Milan, G. S. e Lazzari, F. (2010). Identificação das dimensões da qualidade em serviços: um estudo aplicado em uma instituição de ensino superior. Revista de Administração de Empresas, 2(9), 1-24. doi:10.1590/s1676-56482010000200003

Figueroa, M. E. V., Torres, C. M. G., Souza, S. R. e Marchiori, I. C. (2013). Análise quali – quantitativa do projeto “primeiro, aprender”: avanços e desafios para o processo de ensino e aprendizagem. Caderno de Cultura e Ciência, 12(1), 110-118. doi:10.14295/cad.cult.cienc.v12i1.607

Fitzsimmons, J. A. e Fitzsimmons, M. J. (2005). Administração de serviços: operações, estratégia e tecnologia da informação. Porto Alegre: Bookman.

Grönroos, C. (1984). A service quality model and its marketing implications. European Journal of Marketing, 4(18), 36-44. doi:10.1108/eum0000000004784

IBGE. (2013). Pesquisa anual de serviços. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. Recuperado de http://www.ibge.gov.br/

INEP. (2016). Censo escolar: resultados finais do censo escolar. Recuperado de http://portal.inep.gov.br/basica-censo

Lankara, V. P. D. e Ye, Y. (2015). A comparative study on students’ satisfaction between naung taung monastic high school and kyauk ta lone public high school in southern shan state, Myanmar. Sholar, 1(7), 277-288.

Lourenço, C. D. da S., Knop, M. F. T., Oliveira, V. C. da S. e Silva, M. R. J. D. (abril, 2006). Ensino superior em administração e percepção da qualidade de serviços: uma aplicação da escala SERVQUAL. Comunicación presentada en el Encontro da ANPAD. Salvador, BA, Brasil.

Lovelock, C. e Wright, L. (2006). Serviços, marketing e gestão. São Paulo: Saraiva.

Milan, G. S., Corso, A. e Eberle, L. (agosto, 2013). Atributos e dimensões da qualidade em serviços na percepção de alunos de uma IES. Comunicación presentada en el simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. São Paulo, Brasil.

Mostafa, M. M. (2007). A comparison of SERVQUAL and I-P analysis: measuring and improving service quality in egyptian private universities. Journal of Marketing for Higher Education, 16, 83 -104. doi:10.1300/j050v16n02_04

Navarro, M. M., Iglesias, P. M. e Torres, R. P. (2005). A new management element for universities: satisfaction with the offered courses. International Journal of Educational Management, 6(19), 505-526. doi:10.1108/09513540510617454

Nyagowaa, H. O., Ocholla, D. N. e Mutula, S. M. (2013). Service quality, user satisfaction and net-benefits’ effect on e-School success: the case of NEPAD’s e-school pilot in Kenya. Education for Information, 30, 93–115.

Parasuraman, A, Zeithaml, V. A. e Berry, L. L. (1985). A conceptual model of service quality and its implications for future research. Journal of Marketing, 49, 41-50. doi:10.2307/1251430

Ramos, B. S. (2015). Percepção de qualidade das escolas do ponto de vista de alunos do ensino médio. Dissertação de Mestrado. Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, Brasil.

Ramseook-Munhurrun, P. e Nundlall, P. (2013). Service quality measurement for secondary school setting. Quality Assurance in Education, 4(21), 387-401. doi:10.1108/qae-05-2011-0025

Radons, D., Battistella, L., Grohmann, M. e Penna, R. (2012). A qualidade dos serviços da coordenação de um curso de graduação e o nível de satisfação dos acadêmicos. REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 10(3), 46-57.

Souza, C. C. M., Da Silva, D., Moretti, S. L. A. e Garcia, M. N. (2014). Construção e validação de escala de qualidade de ensino e serviços: um estudo com alunos de cursos de graduação em administração de empresas. REGE, 1(21), 65-82. doi:10.5700/rege519

Stock, J. R. e Lambert, D. M. (2001). Strategic logistics management. Nueva York: McGraw - Hill.

Tumino, M. C. e Poitevin, E. R. (2013). Evaluación de la calidad de servicio universitario desde la percepción de estudiantes y docentes: caso de estudio. REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación, 12(2), 63-84.

Vergara, J. e Quesada, V. (2011). Análisis de la calidad en el servicio y satisfacción de los estudiantes de ciencias económicas de la Universidad de Cartagena mediante un modelo de ecuaciones estructurales. Revista Electrónica de Investigación Educativa, 13, 108-122. doi:10.4067/s0718-33052011000300011




DOI: http://dx.doi.org/10.15366/reice2017.15.2.002

Esta obra es de acceso libre y gratuito y está registrada bajo una licencia de Creative Commons "Reconocimiento – NoComercial – SinObraDerivada (by-nc-nd)"

Licencia Creative Commons

REICE esta incluida en:

Emerging Sources Citation Index (ESCI), Google Académico, DOAJ, Dialnet, Latindex, Redalyc, MIAR, ISOC, CIRC, DICE,  Resh, GLOOBAL, REBIUN, Suco, WorldCat, In-Recs, Iresie, REDIB, REDIAL, Journal Seek, Biblioteca de la OEI, Dulcinea, EZB, Americanismo, BNE.