Avaliação da Aprendizagem na Escola Plural: O que Ocorre na Prática?

José Luiz Saldanha da Fonseca, Sérgio Luiz Talim

Resumen


Neste artigo apresentamos os resultados de nosso trabalho de pesquisa: “Avaliação da Aprendizagem na Escola Plural: o que ocorre na prática?”, em que buscamos respostas para a questão: “Quais são as concepções (crenças, opiniões, atitudes, compreensão) de professores de ciências de duas escolas da rede municipal de ensino de Belo Horizonte que implantaram ou estão implantando a proposta pedagógica Escola Plural e de seus alunos sobre a avaliação da aprendizagem proposta neste projeto e quais são as práticas de avaliação desses professores?” O trabalho foi feito mediante observação participante, entrevistas, grupos focais, questionários e análise de documentos. Como resultado do trabalho, resposta para a questão colocada no título, podemos afirmar: a avaliação da aprendizagem que se pratica nas duas escolas não é, ainda, a proposta pelo projeto Escola Plural, mas não é também aquela avaliação da aprendizagem tradicional, que a nova proposta pretende mudar. A emergência da nova lógica de avaliação observada nas práticas dos professores coexiste com a lógica mais tradicional, ainda bastante arraigada nas concepções das professoras pesquisadas e dos seus alunos, manifestada nas entrevistas e grupos focais.

Palabras clave


Evaluation, teaching, learning, pedagogic project.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


Copyright (c) 2018 REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-SinObraDerivada 4.0 Internacional.

REICE. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación está indexada en:

Scopus, Emerging Sources Citation Index (ESCI), Google Académico, Dialnet, ISOC, Redalyc, EBSCO Fuente Académica Premier, EBSCO Fuente Académica Plus, ERIH PLUS, CIRC, DICE, GENAMICS, Latindex, MIAR, Resh, Biblioteca de la OEI, In-Recs, Iresie, REDIB, REDIAL, DOAJ, Dulcinea, EZB, BNE, GLOOBAL, REBIUN, Sudoc, WorldCat y Georgetown University Library, Copac *.