A EDUCAÇÃO POPULAR EM TESSITURA COM O PENSAMENTO FREIREANO: O PROCESSO EDUCATIVO COMO POSSIBILIDADE DE HUMANIZAÇÃO

Autores/as

  • Paulo Alfredo Schönardie Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ
  • Milton César Gerhardt Universidade Regional do Alto Uruguai e das Missões - URI

Palabras clave:

Educação popular, Humanização, Educação freireana, Autonomia, Conscientização.

Resumen

Tema central deste artigo é a educação popular em tessitura com o pensamento freireano, como processo educativo que se apresenta como possibilidade de humanização de sujeitos e coletivos. A perspectiva emancipatória, libertadora e humanizadora é uma das características mais importantes da educação popular. O arcabouço da educação popular tem em sua construção as contribuições organicamente tecidas por Freire. Metodologicamente partimos de nossas experiências populares, refletidas pela teoria da educação popular em sua tessitura com as ideias de Paulo Freire. Assim nos enveredamos pelas categorias da curiosidade epistemológica, da conscientização, da autonomia, e também da teoria da educação popular para, ao final, reafirmar o processo educativo popular como possibilidade de libertação, de humanização.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Paulo Alfredo Schönardie, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ

Licenciado em História e Mestre em Educação nas Ciências pela Unijuí e Doutor (Dr. phil.) em Ciências Econômicas e Sociais pela Universität Hamburg - UHH, na Alemanha. Atua como Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências - Mestrado e Doutorado da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ, Brasil com bolsa PNPD/Capes. Pesquisador no Grupo de Estudos de Educação Popular, Movimentos e Organizações Sociais - Geep/CNPq.

Milton César Gerhardt, Universidade Regional do Alto Uruguai e das Missões - URI

Possui Graduação em Teologia pela Uri, Licenciatura em Filosofia e  Mestrado em Educação nas Ciências pela Unijuí. É Doutorando em Educação nas Ciências na Unijuí. com bolsa Capes. Atua como professor na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI. É integrante do Grupo de Estudos de Educação Popular, Movimentos e Organizações Sociais - Geep/CNPq.

Publicado

2018-06-20

Cómo citar

Schönardie, P. A., & Gerhardt, M. C. (2018). A EDUCAÇÃO POPULAR EM TESSITURA COM O PENSAMENTO FREIREANO: O PROCESSO EDUCATIVO COMO POSSIBILIDADE DE HUMANIZAÇÃO. Didácticas Específicas, (18), 118-133. Recuperado a partir de https://revistas.uam.es/didacticasespecificas/article/view/9146

Número

Sección

Articulos