Análise zooarqueológica do Sambaqui Lagoa dos Freitas, extremo sul de Santa Catarina, Brasil: primeiros resultados e tendências de exploração de ecossistemas litorâneos durante o Holoceno final

DIEGO DIAS PAVEI, CAROLINE BORGES, MARCOS CÉSAR PEREIRA SANTOS, JULIANO BITENCOURT CAMPOS, AMANDA MACHADO DA ROSA

Resumen


O sítio Lagoa dos Freitas se caracteriza como um concheiro sobre dunas holocênicas e as datas radiocarbônicas obtidas mostram uma cronologia com dois horizontes distintos de ocu- pação, o primeiro entre 1.360-1.275 cal. AP e o segundo entre 485-305 cal. AP. Com o objetivo de caracterizar a exploração de recursos animais em cada período de ocupação, este trabalho realizou um estudo zooarqueológico dos conjuntos faunísticos vertebrados de cada horizonte, a saber, 4005 restos para a camada I, mais recente, e 10299 restos para a Camada II, mais antiga, somando um total de 14304 restos analisados. Foram identificadas três classes de vertebrados: peixes, mamíferos e aves. Os peixes identificados são em sua maioria bagres marinhos da família Ariidae, robalos da família Centropomidae e corvinas e papa-terras da família Sciaenidae, sendo a corvina (Micropogonias furnieri) a espécie individualmente mais abundante. Para a fauna ter- restre, apenas roedores caviomorfos foram identificados, Hidrochoerus hydrochaeris e Ctenomis minutus. Os resultados deste estudo mostram que houve uma exploração mais intensa de ambien- tes estuarinos em comparação aos ambientes terrestres nas áreas do entorno do sítio e, em especial, o desenvolvimento de atividades de pesca, sem que diferenças significativas tenham sido encon- tradas entre os diferentes horizontes de ocupação no que se refere a exploração da fauna vertebra- da. Estes resultados são importantes porque pouco se conhece das modalidades de apropriação de recursos animais pelos grupos humanos associados aos sambaquis tardios do litoral catarinense.

Palabras clave


ZOOARQUEOLOGIA; SAMBAQUI; PESCA; LITORAL EXTREMO SUL DE SANTA CATARINA

Referencias


Andrade Tubino, M.F. De; Ribeiro, A.L.R. & Vianna, M. 2008: Organização espaço-temporal das ictiocenoses demersais nos ecossistemas estuarinos brasileiros: uma síntese. Oecologia Australis 12: 640-661. https://doi.org/10.4257/oeco.2008.1204.05

Bôlla, D.A.S.; Ceron, K.; Carvalho, F.; Mattia, D.L. De; Luiz, M.R.; Panatta, K.A.; Pavei, D.D.; Mendonça, R.Á. & Zocche, J.J. 2017: Mastofauna terrestre do sul de Santa Catarina: mamíferos de médio e grande porte e voadores. Revista Tecnologia e Ambiente 23: 61-78. https://doi.org/10.18616/ta.v23i0.3906

Borges, C. 2015: Analyse archéozoologique de l'exploitation des animaux par les populations de pêcheurschasseurs-cueilleurs des sambaquis de Baixada Santista, Brésil, entre 5000 et 2000 BP. Tese de doutorado, Muséum National d'Histoire Naturelle, Paris.

Cardoso, J.M. 2018: O sítio costeiro Galheta IV: uma perspectiva zooarqueológica. Dissertação de mestrado, Museu de Arqueologia e Etnologia. Universidade de São Paulo, São Paulo.

Cardoso, J.M.; Júnior, J.A.M.; Farias, D.S.E. De & Deblasis, P. 2014: Zooarqueologia do sítio Galheta IV: um enfoque nos vestígios do pinguin-de-magalhães (Spheniscus magellanicus, Spheniscidae). In: Zocche, J.J.; Campos, J.B.; Almeida, N. & Ricken, C. (orgs.): Arqueofauna e Paisagem: 155-169. Erechim.

Castilho, P.V. de 2005: Mamíferos marinhos: um recurso de populações humanas pré-coloniais do litoral catarinense. Tese de doutorado, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Castilho, P.V. De & Simões-Lopes, P.C. 2001: Zooarqueologia de mamíferos aquáticos e semi-aquáticos da Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil. Revista Brasileira de Zoologia 18(3): 719-727. https://doi.org/10.1590/S0101-81752001000300008

- 2005: A capivara, Hydrochoerus hydrochaeris (Mammalia, Rodentia), no sítio arqueológico SC--PRV-02, Ilha de Santa Catarina, Santa Catarina. Biotemas 18: 203-218.

- 2008: Sea mammals in archaeological sites on the southern coast of Brazil. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia 18: 101-113.

Chaix, L. & Méniel, P. 2005: Manual de Arqueozoología. Editorial Ariel, Barcelona.

Deblasis, P.; Fish, S.K.; Gaspar, M.D. & Fish, P.R. 1998: Some references for the discussion of complexity among sambaqui moundbuilders from the Southern shores of Brazil. Revista de Arqueologia Americana 15: 75-105.

Deblasis, P.; Kneip, A.; Scheel-Ybert, R.; Giannini, P.C. & Gaspar, M.D. 2007: Sambaquis e Paisagem: dinâmica natural e arqueologia regional no litoral do sul do Brasil. Arqueología Suramericana 3: 29-61.

Deblasis, P. & Gaspar, M. 2009: Os sambaquis do sul catarinense: retrospectiva e perspectiva de dez anos de pesquisas. Especiaria: Cadernos de Ciências Humanas 11/12: 83-125.

Figuti, L. 1998: Estórias de arqueo-pescador: considerações sobre a pesca nos sítios de grupos pescadores-coletores do litoral. Revista de Arqueologia da SAB 11: 57-70. https://doi.org/10.24885/sab.v11i1.136

Fischer, L.G.; Pereira, L.E.D. & Vieira, J.P. 2011: Peixes estuarinos e costeiros. Gráfica Pallotti, Rio Grande.

Garcia, A.R.; Kahwage, P.R. & Ohashi, O.M. 2009: Aspectos reprodutivos de caititus (Tayassu tajacu). Revista brasileira de reprodução animal 33(2): 71-81.

Giannini, P.C.F.; Villagrán, X.S.; Fornari, M.; Rodrigues, D.; Menezes, P.; Tanaka, A.P.; Assunçao, D.; Deblasis, P. & Amaral, P. 2010: Interações entre evolução sedimentar e ocupação humana pré-histórica na costa centro-sul de Santa Catarina, Brasil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Série Ciências Humanas 5: 105-128. https://doi.org/10.1590/S1981-81222010000100008

Guimarães, M.B. 2013: Fishing strategies among prehistoric populations at Saquarema Lagoonal Complex, Rio de Janeiro, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências 85: 415-429. https://doi.org/10.1590/S0001-37652013005000005

Hilbert, L.M. 2011: Análise ictioarqueológica dos sítios: Sambaqui do Recreio, Itapeva e Dorva, municípios de Torres e Três cachoeiras, Rio Grande do Sul, Brasil. Dissertação de Mestrado, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Ibge Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 2012: Manual Técnico da Vegetação Brasileira: 2a edição revista e ampliada. Sistema Fitogeográfico. Inventário das Formações Florestais e Campestres. Técnicas e Manejo de Coleções Botânicas. Procedimentos para Mapeamentos. IBGE, Brasília.

Iriarte, J.; Deblasis, P.; De Souza, J.G. & Corteletti, R. 2017: Emergent complexity, changing landscapes, and spheres of interaction in southeastern South America during the middle and late Holocene. Journal of Archaeological Research 25(3): 251-313. https://doi.org/10.1007/s10814-016-9100-0

ITIS Integrated Taxonomic Information System on-line database 2018. http://www.itis.gov.

Klokler, D.M. 2012: Consumo ritual, consumo no ritual: festins funerários e sambaquis. Habitus 10: 83-104.

Klokler, D.; Villagrán, X.S.; Giannini, P.C.F.; Peixoto, S. & Deblasis, P. 2010: Juntos na costa: zooarqueologia e geoarqueologia de sambaquis do litoral sul catarinense. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia 20: 53-75. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2010.89910

Medici, E.P.; Flesher, K.; Beisiegel, B. De M.; Keuroghlian, A.; Desbiez, A.L.J.; Gatti, A.; Pontes, A.R.M.; Figueiredo, C.B. De; Tófoli, C.F. De; Junior, E.A.M.; Azevedo, F.C. De; Pinho, G.M. De; Júnior, T. Da S.S.; Morais, A.A. De; Mangini, P.R. & Almeida, L.B. De 2012: Avaliação do Risco de Extinção da anta brasileira: Tapirus terrestris (Linnaeus, 1758), no Brasil. Biodiversidade Brasileira 3: 103-116.

Miranda, L.B. De; Castro, B.M. De & Kjerfve, B. 2002: Princípios de Oceanografia Física de Estuários. EDUSP, Acadêmica 42, São Paulo.

MMA Brasil Ministério do Meio Ambiente 1999: Resolução CONAMA n° 261, de 30 de junho de 1999. http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre. cfm?codlegi=260, Brasília.

Nishida, P. 2007: A coisa ficou preta: estudo do processo de formação da terra preta do sítio arqueológico Jabuticabeira II. Tese de doutorado, Museu de Arqueologia e Etnologia Universidade de São Paulo, São Paulo.

Oliveira, A.F. De & Bemvenuti, M.D.A. 2006: O ciclo de vida de alguns peixes do estuário da Lagoa dos Patos, RS: informações para o Ensino Fundamental e Médio. Caderno Ecológico Aquático 1: 16-29.

Paglia, A.P.; Fonseca, G.A.B. Da; Rylands, A.B.; Herrmann, G.; Aguiar, L.M.S.; Chiarello, A.G.; Leite, Y.L.R.; Costa, L.P.; Siciliano, S.; Kierulff, M.C.M.; Mendes, S.L.; Mittermeier, R.A. & Patton, J.L. 2012: Lista Anotada dos Mamíferos do Brasil. Occasional Papers in Conservation Biology 6: 1-76.

Reis, N.; Peracchi, A.; Pedro, W. & Lima, I. 2006: Mamíferos do Brasil. Londrina.

Reitz, E.J. & Wing, E.S. 2008: Zooarchaeology. Cambridge University Press, Cambridge. https://doi.org/10.1017/CBO9780511841354

Ricken, C.; Heberts, A.L.; Wagner, G.P. & Malabarba, L.R. 2016: Coastal hunter-gatherers fishing from the site RS-AS-01, Arroio do Sal, Rio Grande do Sul, Brazil. Pesquisas, Antropologia 72: 209-224.

Rogge, J.H. & Arnt, F. 2006: O Sambaqui de Içara SC-IÇ-06. Pesquisas, Antropologia 63: 13-16.

Rosa, A.O. 1999: Remanescentes de fauna e flora. Pesquisas, Antropologia 55: 31-64.

- 2006: Composição e diversidade da arqueofauna dos sítios de Içara: SC-IÇ-01 e SC-IÇ-06. Pesquisas, Antropologia 63: 33-54.

Santos, M.C.P.; Pavei, D.D. & Campos, J.B. 2018: Sambaqui Lagoa dos Freitas, Santa Catarina: estratigrafia, antiguidade, arqueofauna, e cultura material. Revista Memorare 5(1): 157-196. https://doi.org/10.19177/memorare.v5e12018156-195

Schmitz, P.I. 1999: Içara: um jazigo mortuário no litoral de Santa Catarina. Pesquisas, Antropologia 55.

Tamiozzo, V.; Schmitz, P.I. & Rosa, A.O. 2008: Investigações zooarqueológicas no sambaqui SC-IÇ-06, Içara SC. Canindé Revista do Museu de Arqueologia de Xingó 12: 105-130.

Teixeira, D.R. 2006: Arqueofauna do sítio SC-IÇ-06. Pesquisas, Antropologia 63: 17-31.

Val-Peón, C.; Cancelli, R.R.; Santos, L. & Soares, A.L. 2017: Prehistoric occupation and palaeoenvironmental changes along Santa Catarina's Coastal Plain, Brazil: an integrated approach based on palynological data. Journal of Archaeological Science: Reports. doi:10.1016/j.jasrep.2017.11.017. https://doi.org/10.1016/j.jasrep.2017.11.017

Villagrán, X.S. 2008: Análise de arqueofácies na camada preta do sambaqui Jabuticabeira II. Dissertação de mestrado, Museu de Arqueologia e Etnologia-Universidade de São Paulo, São Paulo. https://doi.org/10.24885/sab.v22i1.267

Villagrán, X.S; Giannini, P.C.F. & Deblasis, P. 2009: Archaeofacies analysis: using depositional attributes to identify anthropic processes of deposition in a monumental shell mound of Santa Catarina State, southern Brazil. Geoarchaeology 24: 311-335. https://doi.org/10.1002/gea.20269

Wagner, G.P. 2009: Sambaquis da barreira da Itapeva: uma perspectiva geoarqueológica. Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. https://doi.org/10.24885/sab.v22i1.266

Zílio, F. 2005: Estudo do nicho ecológico de duas aves de rapina (Falco sparverius e Athene cunicularia) em uma região de dunas do Rio Grande do Sul, Brasil. Dissertação de mestrado, Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.




DOI: http://dx.doi.org/10.15366/archaeofauna2019.28.010

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Archaeofauna, International Journal of Archaeozoology

ISSN: 1132-6891